Gestão
de Fauna

EMERGÊNCIA COM FAUNA

A equipe do Instituto Gremar está em prontidão
24h por dia, sete dias por semana, nos 365 dias
do ano, para atender em menor tempo possível
as ocorrências de acidentes ambientais
envolvendo a fauna.

Elaboração de Plano
de Proteção à Fauna (PPAF)

 

 

 

Uma das exigências do IBAMA durante o
processo
de licenciamento
empreendimentos de áreas de energia e petróleo e portuária é o Plano de Proteção à Fauna (PPAF),
responsável por orientar as ações de resposta em caso de acidente, como o derramamento de petróleo.

 

Elaboramos o PPAF do seu empreendimento com detalhamento estratégico e operacional de todos os procedimentos envolvidos nas operações de resgate e atendimento da fauna em caso de incidente, bem como mapeamento das áreas que potencialmente possam ser afetadas.

Operação do Plano
de Proteção à Fauna (PPAF)

Durante a operação do PPAF atuamos nos níveis de respostas primária, secundária e terciária, orientando prontamente desde o planejamento, momento “0” do incidente, até a destinação final da fauna envolvida em qualquer cenário que apresente risco ambiental. Isto se aplica às operações offshore, zonas costeiras, águas abrigadas, ou ainda no solo, inclusive durante operações industriais.

A preparação, mobilização, resposta e utilização das técnicas adequadas para reabilitação dos animais contaminados por hidrocarbonetos, derivados ou outros produtos químicos minimizam os danos ecológicos. Dispomos de área para descontaminação dos animais vitimados e contamos com o apoio de parceiros distribuídos estrategicamente em outros estados para o atendimento e emergências.

Não recebemos a foto

Projeto de Monitoramento de Impactos de Plataformas e Embarcações sobre a Avifauna (PMAVE)

A inclusão do PMAVE no licenciamento de operações off shore é uma exigência do IBAMA, que elenca as orientações e estratégias de ações para resposta em caso de ocorrência de aves em áreas de plataforma e em embarcações de apoio. Elas incluem a captura, transporte e realocação dos animais, quando sua presença oferece risco a elas, aos técnicos ou à operação; cuidados veterinários em tempo integral do animal até sua recuperação para realização da soltura; e o transporte e a necropsia das aves encontradas mortas, entre outros procedimentos.